Tecnologia é aliada na alfabetização

Lápis e papel. Houve uma época em que esses eram os utensílios disponíveis no processo de alfabetização. Com uma geração que já nasceu familiarizada com os recursos tecnológicos, isso mudou. É possível usá-los em prol desse marco na aprendizagem da criança: ler e escrever.

A tecnologia, se utilizada de forma correta, traz contribuições para a alfabetização, como o acesso à diversidade de textos, tão importante nesse momento, ferramentas que ampliam o vocabulário e o acesso a novos conhecimentos.

Segundo a coordenadora Cristiane Fernandes, do Colégio Alicerce, a criança precisa desenvolver a psicomotricidade, a memorização e ter vivências com a escrita. Gradativamente, ela descobre as letras, as sílabas e se encanta com o universo das palavras. A tecnologia é mais uma (e não a única) possibilidade de lidar com os desafios dessa fase.

“O professor tem um papel fundamental na alfabetização, mas a presença da família também faz toda a diferença para que o desenvolvimento do aluno seja acompanhado. Assim, a boa relação entre escola-família, os estímulos e os recursos tecnológicos tornam esse processo leve e proveitoso”, explica.

Na escola, além das inúmeras atividades, brincadeiras e projetos de leitura que instigam a busca pelo saber, os alunos têm acesso a trabalhos colaborativos, mostras virtuais, oficinas de textos que os levam a ser protagonistas do próprio conhecimento e incentivam a autoria. Isso acontece por meio do Portal Educacional – uma das plataformas digitais usadas nas aulas de informática.

As famílias têm acesso a essa ferramenta e podem auxiliar os filhos no estudo extraclasse. “Assim, as ferramentas virtuais podem trazer benefícios às crianças, auxiliando no aprimoramento de suas capacidades. Lembrando que outros estímulos, como o brincar, são necessários, sempre!”.

Confira outras 4 atividades que estimulam a alfabetização:

  • ouvir músicas e dançar: exercita a concentração, a criatividade, habilidades motoras e visuais;

  • cantar: ajuda desenvolver e ampliar o vocabulário;

  • livros com ou sem ilustração: estimula a imaginação;

  • jogos: que trabalham o alfabeto, as sílabas, a memória e a formação de  pares.

Powered by WPeMatico

Related posts