Portugal acolhe núcleo do Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia até dezembro

Portugal vai ter, até ao final do ano, um núcleo do Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (IET) vocacionado para a área digital, que irá funcionar em Guimarães, avançou esta quinta-feira à Lusa o ministro da Ciência e Tecnologia.

Manuel Heitor adiantou que o polo do IET funcionará em Guimarães, beneficiando das instalações do laboratório “DTx Digital Transformation CoLab”, dirigido pelo ex-reitor da Universidade do Minho António Cunha.

O núcleo português do Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia irá promover “emprego qualificado” e desenvolver projetos, como soluções digitais para sistemas de mobilidade nas cidades, nomeadamente nos transportes, segundo o ministro.

Criado em 2008, sob iniciativa da Comissão Europeia, o IET tem como missão promover a inovação nos países da União Europeia. A sua sede é em Budapeste, na Hungria.

Constituído em maio último, o laboratório português “DTx Digital Transformation CoLab” está direcionado para a investigação aplicada em áreas associadas à transformação digital, propondo-se desenvolver produtos que integrem materiais inteligentes, tecnologias digitais e soluções baseadas na inteligência artificial.

Junte-se ao Observador no WhatsApp

Contamos-lhe tudo sobre a Web Summit

            <button class="read-more-modal button">Continuar a ler <span class="icon-liveblog-arrow-down"/></button>
        <p class="wpematico_credit"><small>Powered by <a href="http://www.wpematico.com" target="_blank">WPeMatico</a></small></p>

Related posts