Não é magia, é tecnologia: saiba como usar Apple Pencil em outros modelos

Desenvolvido originalmente para o Apple iPad Pro, o Apple Pencil é mais um daqueles gadgets que despertam amor e ódio ao mesmo tempo. Amor por ser um acessório que vai fazer designers, desenhistas e geeks em geral pirarem, já que ele funciona com sensibilidade à pressão e ao ângulo de escrita ou desenho; e ódio pelo preço, claro – ambas as características são normais para quem é fã da marca. 

Apesar de ser compatível também com a sexta geração do iPad, quem quiser investir cerca de R$ 730 no lápis tecnológico, e deixar de lado as pranchetas eletrônicas, pode tentar um truque para que ele seja útil em outros modelos Apple. A dica é simples e permite que o Pencil seja usado para desenhar, anotar e marcar documentos em qualquer aparelho iOS

Basta adicionar água

Sim, de acordo com o canal iDeviceHelp, o pulo do gato é molhar guardanapos de papel e enrolá-los ao redor do Apple Pencil, um pouco acima da ponta. Dessa forma, a umidade que escorrer do papel permite que o lápis tenha o contato certo para que a tela do seu iPhone ou iPad perceba a pressão feita com o acessório. Não é preciso encharcar o guardanapo, apenas o suficiente para que uma fina camada de água deslize entre a tela e a ponta do lápis. 

Não é preciso nenhum código ou aplicativo extra para ampliar as possibilidades desse brinquedinho, só um bom e velho truque.

Controvérsia 

Apesar de o Pencil estar com cada vez mais abrangência dentro dos aplicativos e aparelhos da Apple – em março, a empresa atualizou o Pages, o Numbers e o Keynote para que sejam compatíveis com o acessório –, o gadget é controverso. Steve Jobs era contra o uso de ferramentas e defendia que os dedos eram a melhor forma de interagir com as telas desenvolvidas por ele e sua equipe.  

Cupons de desconto TecMundo:

<

p class=”wpematico_credit”>Powered by WPeMatico

Related posts