“Estamos a deixar-nos colonizar pelas empresas de tecnologia”

Regular as redes sociais não pode ser visto como uma missão impossível – foi esta a principal mensagem de Christopher Wylie, o programador canadiano que denunciou o escândalo do uso abusivo de dados de utilizadores do Facebook pela empresa Cambridge Analytica. Para o fazer, Wylie diz que é preciso perceber a urgência do problema, e pôr a regulação nas mãos de quem percebe a Internet.

“Estamos a deixar-nos colonizar pelas empresas de tecnologia”, alertou o programador no palco principal da Web Summit. Referia-se, em particular, às redes sociais. Wylie atingiu notoriedade global no começo do ano, aos 28 anos, com a denúncia sobre como a consultoria britânica Cambridge Analytica – onde trabalhou no passado –  estava a utilizar abusivamente dados de utilizadores do Facebook para criar campanhas políticas direcionadas em todo o mundo. Terão influenciado, por exemplo, a vitória de Donald Trump, nos EUA, e o resultado do referendo Brexit no Reino Unido.

Related posts